A técnica feminina do Corinthians quer treinar os homens e fala sobre a renovação do contrato – Notícias do Corinthians

O técnico da seleção feminina do Corinthians, Arthur Elias, pode aumentar a taça. O Timão enfrenta o São Paulo no sábado (4), às 16h, na primeira partida da final do Paulistão 2021. Se vencer, “Reizinho” chega ao décimo título pelo time.

+O Chelsea salvará o time na Copa do Mundo? Olha quem são as reservas do blues

Apesar do enorme sucesso à frente do futebol feminino e de ter consagrado o Timon como um dos times mais vitoriosos da categoria, Arthur expressou o desejo de migrar para o futebol masculino, revelando que já havia recebido convites.

– Sim, é meu objetivo (formar uma equipe masculina). Já recebi alguns convites, isso deve acontecer, não sei quando. Pode não demorar, mas minha ideia é treinar o futebol masculino. Quando questionado se me considero um dos melhores treinadores do futebol feminino, voltei-me para o futebol masculino. Não vejo isso como uma distinção. Acho que treinamento, estamos falando de liderança, gestão, conhecimento técnico e vejo que estou preparado. Não vejo essa distinção, como muitos e o mercado ainda veem. Espero que meu trabalho mostre isso – disse a comandante que está no futebol feminino desde 2006.

+TIMAN NO G4? VER TABELA E SIMULAR JOGOS BRASILEIROS

Mesmo com a intenção de mudar de cenário, o treinador fez questão de acalmar a torcida, dizendo que sua renovação está em andamento e que continuará na liderança do clube em 2022.

– Eu não disse adeus, não! Desculpe se você teve essa impressão. O que quis dizer é que sou grata pelo futebol feminino, mas também respondo honestamente que tenho o objetivo de trabalhar com o futebol masculino. Fiz essa reflexão, bem como deixei claro que quase tudo está pronto para mim e minha comissão continuarmos no Corinthians na próxima temporada. Não será no próximo ano, refletiu Arthur em entrevista coletiva na sede da Federação Paulista de Futebol.

O técnico também comentou sobre a possibilidade de encerrar o ano com a tríplice coroa, já que o Corinthians conquistou o Brasileirão contra o Palmeiras e a Libertadores contra o Santa Fé. Agora, a equipe pode aproveitar o Paulistão e comemorar o “ano do tri”.

– A tríplice coroa, seja no primeiro ou no último ano, sempre será importante. Ganhar todos os campeonatos que você joga em um ano nunca aconteceu comigo. Estou muito animado, estamos motivados por chegar a essa marca em um ano difícil. Que estamos merecendo contra o São Paulo e buscamos o tricampeonato paulista para fazer o ano da tríplice coroa e dos três anos (Paulistão, Brasileirão e Libertadores) – concluiu Arthur.

A segunda mão da grande final do Paulistão Mulher acontece nesta quarta-feira (8), às 21h, na Arena Barueri. A entrada é gratuita.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais