Camacho vibra com rápida identificação em Santos: ‘Me sinto em casa’ – Notícias do Santos

Depois que o árbitro Bruno Arleu de Araújo confirmou, aos 48 minutos do segundo tempo, o gol de Wagner na vitória do Santos por 1 a 0 sobre o Grêmio no último domingo (10), a Vila Belmiro quase caiu. E em meio a toda a euforia dos atletas, comissão técnica e torcida, uma comemoração em particular chamou a atenção de todos os presentes.

Sozinho na lateral do gramado, Camacho se ajoelhou e, por meio do transbordamento, gritou e acertou o escudo do Pez várias vezes. O gesto se tornou viral nas redes sociais, e a torcida santista viu no volante o símbolo da corrida e o alívio pela vitória arduamente conquistada ao final da partida.

– Hoje, com a Internet, não tem como continuarmos sem perceber as coisas. E fiquei muito feliz com o impacto do meu gesto. Houve mais uma explosão, aquela sensação de caminhão que nos deixa a todos, jogadores e torcedores. A forma como aconteceu, nos extras, foi um alívio e um alívio para todos. Eu não esperava uma identificação tão rápida aqui. Apesar do momento difícil da competição, sinto-me muito bem no clube. Muito orgulho em defender essas cores. Fui muito bem recebido por todos e me sinto em casa. Sabemos que ainda temos um longo campeonato pela frente e ainda estamos em uma situação muito difícil, mas o jogo de domingo foi ótimo. Acho que tinha que ser assim para a gente pegar essa ‘zica’ e ir pelas coisas boas – disse a camisa 29.

Além da vontade, Camacho também se destacou na área. Segundo dados da Footstats, o jogador lidera Fish em certos passes (1.164), em remates (57%) e tackles (38), sendo também o segundo mais eficiente em passes, com 95% de sucesso. O volante saudou os dados e espera manter a boa fase.

– É muito bom saber esses números, pois são características que minha posição pede. Desde que comecei na base sempre tive essa característica de passar e acaba sendo uma coisa normal, por isso vejo esse número do desarmamento como muito importante. Já faz um tempo que comecei a jogar na roda dianteira e sei o papel que há de montar bem a equipe, mas também de desarmar. Por isso estou muito feliz com esses dados e espero aumentar ainda mais até o final do ano – disse.

E com Camacho à disposição, o Santos volta a jogar nesta quarta-feira (13), às 19h, no Mineirão, para enfrentar o líder Atlético-MG, pela 26ª jornada do Campeonato Brasileiro. Para o meia santista, a equipe comandada pelo técnico Fábio Carille precisa entrar em campo com a mesma determinação do domingo passado para conquistar mais uma vitória no torneio nacional.

– Assim que terminamos o jogo de domingo, conversamos sobre isso no vestiário para comemorar naquela hora, mas na segunda-feira vamos colocar a cabeça no Atlético-MG, que será um jogo muito importante. Todas as equipas que estão perto de nós na tabela também terão jogos difíceis, pelo que se conseguirmos esta vitória será fundamental estarmos ainda mais longe desta zona de despromoção, já que o Santos FC não pode estar presente de forma alguma. Será outra final. E não adianta nada jogar o jogo que você jogou no domingo e não poder fazer uma sequência. Então vamos com a cabeça limpa e sabendo que podemos buscar essa vitória lá em Minas – finalizou o volante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas