Chris Waddle está longe do alvo com sua sugestão de que Paul Pogba, do Man United, deve ser a primeira contratação do Newcastle

Com a nova propriedade do Newcastle ainda em sua infância, há muito tempo para os novos diretores fazerem um balanço da situação do lado do jogo e decidir quais áreas são prioritárias para serem fortalecidas.

Tornar-se o clube mais rico do mundo da noite para o dia, de acordo com o MARCA, proporcionará ao clube certas vantagens na janela de transferências, mas provavelmente também o deixará aberto às aberturas de agentes de certos jogadores em busca de um grande dia de pagamento.

Paul Pogba, do Manchester United, ainda não assinou um novo acordo que o The Sun detalhou em junho que valeria £ 400.000 por semana, tornando-o assim o jogador mais bem pago da Premier League.

MAIS: Interesse do Liverpool confirmado

O ex-astro do Newcastle, Chris Waddle, acredita que os Magpies deveriam fazer do vencedor da Copa do Mundo da França sua primeira contratação da nova era, segundo o The Sun.

“Paul Pogba está sem contrato, não é? Agora as pessoas podem falar sobre Newcastle – mas o dinheiro fala ”, disse ele.

“Se eles venderem o sonho sobre o que vamos ganhar e conquistar, isso pode acontecer.”

Waddle tem direito à sua opinião, é claro, mas ele está completamente errado nesta ocasião.

Ele saberá mais do que ninguém o que os locais esperam de seus jogadores, e trabalho duro, desejo e ser um verdadeiro jogador de equipe são pré-requisitos.

Pogba só mostra sua qualidade de vez em quando, e isso simplesmente não é bom o suficiente para nenhum clube, muito menos para um que está efetivamente construindo a partir do zero e precisa de jogadores para liderar pelo exemplo.

Se ele está de bom humor, é uma alegria assistir ao meio-campista, mas mesmo com dinheiro para queimar, os novos donos certamente não vão aceitar ter que pagar quase meio milhão de libras por semana se um jogador não estiver ‘fazendo’ consistentemente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas