Com Felipão de fora, Grêmio sai em busca do quarto treinador apenas em 2021

A derrota por 1 a 0 para o Santos foi o último jogo do técnico Luiz Felipe Scolari na casa do Grêmio. Em reunião realizada no hotel de São Paulo, onde está concentrada a delegação do Tricolor, o presidente Romildo Bolzan Júnior e Felipão firmaram um acordo comum para a rescisão do vínculo do técnico.

“Vou continuar sendo um jogador do Grêmio como sempre fui e sempre serei”, disse Luiz Felipe Scolari, após deixar o Grêmio.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e experimente o DAZN gratuitamente por um mês!

Essa foi a quarta etapa do técnico pelo Tricolor Gaúcho. Nesse período, Felipão liderou o clube em 21 jogos, com nove vitórias, nove derrotas e três empates.

Os números são razoáveis, mas não foram suficientes para tirar o Grêmio da zona de rebaixamento. No momento, o Tricolor está na segunda colocação, com 23 pontos conquistados em 23 partidas disputadas. A equipe entrou na zona de rebaixamento na segunda rodada e nunca mais saiu.

Com a saída do veterano, o clube busca seu quarto treinador do ano, antes mesmo de encerrar as ligações com Renato Gaúcho e Tiago Nunes, agora no Flamengo e no Ceará, respectivamente.

Além do técnico Luiz Felipe Scolari, o Grêmio também dispensou o preparador físico Anselmo Sbragia e os assistentes Paulo Turra e Carlos Pracidelli.

Para a partida contra o Fortaleza, na próxima quarta-feira (13), o elenco será comandado por Thiago Gomes, que foi técnico da equipe de transição do Grêmio e agora é auxiliar da comissão técnica permanente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas