Com lesão confirmada, Bruno Henrique agrava problemas do Flamengo para a partida contra o Juventude

Querendo subir ao topo da tabela do Campeonato Brasileiro em busca do tricampeonato consecutivo, o Flamengo tem enfrentado muitos problemas com peculato. Além dos jogadores que atendem as seleções nacionais, o departamento médico do Rubro-Negro está lotado e indica problemas para a partida contra o Juventude.

O Flamengo tem sido uma das equipes que mais sofre lesões nesta edição do Brasileirão. Neste momento, com mais dois estreantes, o departamento médico do clube carioca já conta com seis jogadores, a maioria dos quais não deve regressar.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e experimente o DAZN gratuitamente por um mês!

Além dos quatro que já perderam jogos anteriores (David Luiz, Gustavo Henrique, Diego Alves e Diego), o Flamengo confirmou mais duas lesões. O primeiro deles, confirmando o diagnóstico da seleção uruguaia, o clube informou que Giorgian Arrascaeta tem um problema na coxa.

Outro que também receberá tratamento é o atacante Bruno Henrique, que ficou de fora da última partida, na vitória por 3 a 0 sobre o Fortaleza, no sábado (9). Segundo o Flamengo, os exames da camisa 27, assim como do Arrascaeta, mostraram uma lesão na coxa esquerda.

Assim, o departamento médico de Rubro-Negro é assim:

  • Bruno Henrique: lesão na coxa esquerda – sem retorno
  • Arrascaeta: lesão na coxa – sem retorno
  • Diego Alves: Trauma no pé na véspera do último jogo – será reavaliada.
  • David Luiz: Lesão do adutor da coxa esquerda – sem retorno
  • Gustavo Henrique: Edema de coxa – Será reavaliado.
  • Diego: Calf Edema – Será reavaliado.

Além desses seis, Gabigol, Everton Ribeiro e Isla, que estão a serviço de suas seleções (Brasil e Chile), e Vitinho, suspenso, completam a lista de desfalques pela partida contra o Juventude, nesta quarta-feira (13), às 19:00 (de Brasília). Dos nove reforços, pelo menos os três que disputam a fase de qualificação para a Copa do Mundo de 2022 estão marcados para o próximo jogo, no domingo (17), às 20h30 (horário de Brasília), contra o Cuiabá. No departamento médico, os desenvolvimentos serão acompanhados caso a caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas