Conmebol multa Fluminense e Roger Machado por atraso no jogo contra o Cerro Porteño, na Libertadores – Notícias do Fluminense

A Comissão Disciplinar da Conmebol multou, nesta quarta-feira, o +Fluminense e ao técnico Roger Machado por atrasar a volta do intervalo da partida contra o Cerro Porteño, no Paraguai, no dia 13 de julho, pela segunda rodada da Libertadores. A confederação não especificou quantos minutos houve um atraso.

+ +Kayky é mais um! Lembre-se das joias de Xerém que o Fluminense deixou nos últimos anos

A multa para o Flu foi de 20 mil reais (aproximadamente R $ 103 mil), enquanto o técnico, que foi demitido do clube, recebeu o valor de 50 mil reais (aproximadamente R $ 258 mil). Esses valores serão descontados das ações e prêmios que o Tricolor ainda tem direito de receber por participar do torneio.

+Veja a tabela do Brasileirão

A equipe foi eliminada nas quartas de final pelo Barcelona de Guayaquil, no Equador. A decisão ainda é passível de recurso perante a Câmara de Recursos da Conmebol no prazo de sete dias após a notificação.

+VEJA O QUE DIZ O ARTIGO:

5.1.12.6 Atrasos
1. Responsabilidade pelo atraso no início da partida:
A não apresentação do número mínimo de Jogadores ao campo no horário agendado para a partida pode ser sancionada com multa por cada minuto de atraso (até 15 minutos após o horário agendado para as equipes entrarem no campo previsto no calendário de jogos). Decorridos 15 minutos, a sanção será determinada pelos órgãos judiciais dos Órgãos nos termos do artigo 27.º do Código de Disciplina, para além da aplicação de outras multas adicionais a critério do órgão judicial competente. O número mínimo de jogadores necessário para um Clube participar de uma partida da CONMEBOL Libertadores é de 7 jogadores da Folha de Jogos (Calendário).

2. Responsabilidade pelo atraso no reinício da partida:
Se os jogadores de uma equipe aparecerem em campo após o tempo programado para o seu reinício, ou sem levar em consideração as instruções do Árbitro e / ou Delegado a este respeito, o clube responsável e o técnico da equipe em questão irão ser sancionado. pelo Comitê Disciplinar da CONMEBOL da seguinte forma: Na Fase 1-2-3 e na Fase de Grupos: uma advertência será dada ao Clube e uma advertência ao Treinador. No caso de uma segunda infração e subsequentes, uma multa não inferior a US $ 50.000 será aplicada ao Clube e uma multa de US $ 50.000 ao técnico.
Nas oitavas de final, quartos-de-final, semifinais e finais: uma multa não inferior a US $ 20.000 será aplicada ao Clube e uma multa de US $ 50.000 para o treinador. No caso de uma segunda infração e subsequentes, uma multa não inferior a US $ 50.000 será aplicada ao Clube e uma multa de US $ 50.000 ao técnico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas