Dudu diz que a festa da torcida palmeirense deu um empurrãozinho na decisão da Libertadores – Notícias do Palmeiras

O Palmeiras treinou nesta quinta-feira, no Central Park, em Montevidéu, sob as fortes chuvas que caíram na capital uruguaia. Após a atividade, Dudu foi entrevistado pela televisão oficial do clube e falou sobre a preparação do time para enfrentar o Flamengo, neste sábado, às 17h, na final da Libertadores. Para ele, o partido público deu ao elenco um “gás a mais” nessa decisão.

De volta ao Verdão após empréstimo ao Al Duhail, do Catar, o camisa 43 não esconde a motivação para disputar sua primeira final da Libertadores, já que em 2020 disputou algumas partidas, mas saiu antes das fases decisivas.

– Ano passado eu pude participar, pude jogar alguns jogos, mas quando você está vivendo, jogando a final, vivendo o dia-a-dia das partidas, das finais, eu acho isso importante para o jogador, então estou vivendo isso pelo Palmeiras, espero que no sábado possamos ter um dia feliz, um dia em que cada jogador dê o seu melhor para conquistarmos este título.

Como se não bastasse essa motivação, Dudu e seus companheiros receberam um grande incentivo da torcida que veio à porta da Academia de Futebol, na última quarta-feira, acompanhar a saída da delegação para o aeroporto. De acordo com Dudu, isso dá um grande impulso a todo o elenco.

– Muito gentil da torcida, acho que foi importante para nós, agradecemos o carinho, a disposição de estar lá numa quarta-feira à tarde, quando muitos deveriam estar trabalhando, pararam de trabalhar para poder ir conosco. Isso definitivamente ajuda, nos dá mais gás. Esperamos que no sábado você volte para casa feliz, volte para CT feliz por ter mais uma linda festa com eles.

O Palmeiras, campeão do ano passado, busca o segundo título consecutivo da Libertadores. Estar no topo da América do Sul é motivo suficiente para continuar trabalhando duro para atingir esse objetivo. Além disso, a intenção é encerrar com folga o governo de Maurício Galiotte, que será sucedido por Leila Pereira na presidência de Alviverde a partir de 2022.

– Quando você chega ao topo do clube, todos os sul-americanos sonham em vencer a Libertadores e o Palmeiras está lá na segunda final consecutiva, eles poderiam vencer no ano passado. Esperamos que este ano seja um bom dia, um bom dia, para que possamos conquistar este título, que será muito importante para o clube, para os jogadores, para a torcida, para o presidente, que está saindo agora, nós . Espero que possamos dar a vocês essa última felicidade – argumentou a camiseta 43.

Em relação ao rival, Dudu reforça que é uma equipe muito boa e que o Palmeiras não vence há quatro anos. Porém, o atacante aposta que um bom dia para cada jogador do Verdão e algo mais para todos podem levar o time a conquistar a tão esperada Copa Libertadores de 2021.

– É um jogo muito difícil, há jogos que não vencemos, é uma equipa muito boa que joga junta há muito tempo, mas temos a nossa qualidade, os nossos jogadores, e esperamos estar no sábado. Pode ser um bom dia, e os jogadores dão o seu melhor para conquistar este título – concluiu.

Nesta sexta-feira, o Verdão terá um calendário completo, a começar pelos compromissos oficiais com a Conmebol, primeiro com entrevista coletiva com Abel Ferreira e Felipe Melo, depois com o reconhecimento do Estádio Centenário, palco da final. Para encerrar a preparação, treino às 5 da tarde, novamente no Central Park, novamente sem acesso à imprensa.

Dudu falou com a TV do clube (Foto: Playback / TV Palmeiras)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas