Empresário de Benítez diz que jogador não vai continuar em São Paulo se Crespo não o usar – Notícias do São Paulo

O técnico de Martín Benítez, Adrián Castellanos, disse que o meio-campista deixará o São Paulo se o técnico Hernán Crespo continuar a não usar o atleta. Entre as reclamações do agente estão a falta de tempo dispensado ao meio-campista e a posição em que Crespo o coloca.

+VERIFIQUE A TABELA ATUALIZADA E SIMULAR OS JOGOS BRASILEIROS DE 2021!

Em entrevista ao ‘Blog do Nicola’, o treinador afirmou que Benítez vai deixar o clube se a sua situação continuar a mesma. No Globo Esporte, Castellanos confirmou a cobrança e criticou o técnico.

– Respeitamos o homem e temos uma boa relação com ele, Martín e eu, mas temos que ser realistas: ele não tem como ficar se não estiver acostumado. Quando ele usa, quer que eu faça o papel de 5, para marcar, e sabemos que o Benítez é um jogador talentoso, para mandar nas jogadas. Se vai ser usado assim, não faz sentido ficar em São Paulo – disse o agente.

Ainda criticando o técnico, o empresário negou as declarações sobre o estado físico de Benítez. Depois de ficar no banco em jogos importantes, como o duelo contra o Palmeiras nas quartas de final da Libertadores, Crespo esclareceu que o atleta não poderia jogar. O agente diz o contrário e afirma que o meio-campista não joga por opção do treinador.

– Benítez sempre esteve bem fisicamente. Nunca falamos nada por respeito, mas chegou um momento em que tive de o dizer, senão todos vão pensar que o Martín é um jogador que não consegue atuar 90 minutos, e isso não é verdade. Ele não joga porque o senhor o tira do jogo. Contra o Racing, por exemplo, ele estava bem e o Mister o tirou de campo. Ele pode jogar bem ou mal, esse é o jogo, mas não quero que o público pense que ele não poderá jogar por 90 minutos. Ele está bem, mais magro e em ótima forma. Como eu disse, respeitamos a decisão do Crespo, ele é uma excelente pessoa, mas se não for jogar na posição dele, não vai ficar – disse.

Benítez tem um contrato de empréstimo válido até ao final desta temporada. São Paulo teria que desembolsar uma quantia de três milhões de dólares (aproximadamente R $ 16 milhões) se não quiser entrar em outra negociação. Com o valor alto, é difícil para o clube pagar esse valor ao meio-campista, devido à atual crise que o Tricolor atravessa, embora seja, segundo o técnico do Benítez, a prioridade para o atleta.

Assim, segundo informações do Globo Esporte, o São Paulo busca estender o prazo da transferência, podendo continuar com o jogador no elenco e sem pagar a alta quantia solicitada pelos argentinos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas