Gallo saiu na frente, mas Atlético-GO desviou de casa – Notícias do Atlético Mineiro

Na volta, o Atlético-GO venceu o líder Atlético-MG por 2 a 1, com gols de Olveira e Janderson, com gol de Nathan Silva pela equipe mineira. A derrota de Galo encerrou uma longa série de invencibilidade de 18 jogos no Brasileirão. O duelo foi disputado neste domingo, 17 de outubro, em Goiânia, pelo 27º dia.

O Dragão foi mais eficiente na maior parte da partida do que o Alvinegro, que fez mais um swing, com momentos bons e ruins. O resultado não tira a liderança do Atlético-MG, que segue na liderança com 56 pontos, mas a diferença será reduzida caso o Flamengo derrote o Cuiabá na seqüência das rodadas.

Para o Goiás, derrotar o melhor time da competição significou encerrar um jejum de 10 jogos sem vencer e continuar subindo no ranking, chegando a 34 pontos, na décima colocação.

+Primeira metade sem grandes emoções, com o apático Galo

O Atlético-GO teve mais controle de jogo na fase inicial, tendo as melhores chances, fazendo com que o goleiro Everson trabalhasse muito. A equipe e o Cuca não conseguiram se organizar bem.

+Galo na frente, mas com pouco mérito

O gol de Nathan Silva deu a sensação de que o Atlético-MG poderia melhorar seu desempenho em campo. Foi um movimento isolado, mais do que construção de equipe para atingir o objetivo. O Atlético-GO não merecia estar perdendo naquela época.

+amarrar, torcer e terminar rápido

Aproveitando o fato de Galo estar disperso e longe de seu melhor futebol, Janderson e Oliveira deram os três pontos em uma reviravolta emocionante para o Dragão, que acabou com a falta de vitórias em seus domínios.

+”Fat Burned”, mas é hora de ficar atento

O Atlético-MG tem uma vantagem que permite ter momentos de fracasso. Mas, à medida que se aproxima a reta final da competição, Gallo não pode mais hesitar se quer garantir a si mesmo o título dos sonhos nacionais.

+Próximos jogos

Galo volta a campo para o brasileiro no domingo, 24 de outubro, às 16h, contra o Cuiabá, no Mineirão. Antes, na quarta-feira 20, eles enfrentam o primeiro duelo das semifinais da Copa do Brasil contra o Fortaleza, em Belo Horizonte. A volta será no dia 27, na capital cearense. O Dragão enfrenta o Fortaleza, no sábado, 23, às 149h15, no Castelão.

+CARTÃO DE EMBARQUE

ATLÉTICO-GO 2 x 1 ATLÉTICO-MG
Data: 17 de outubro de 2021
Horário: 18h15 (Brasília)
Local: Antônio Accioly, Goiânia (GO)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Evandro de Melo Lima (ambos de SP)
VAR: Péricles Bassols Pegado Cortez (SP)
Gols: Nathan Silva, a 13′-2ºT (0-1), Janderson, a 19′-2ºT (1-1), Oliveira, a 35′-2ºT (2-1)
Cartões amarelos: Zé Roberto (ATG)
Cartões vermelhos:
Público e receita: não divulgado

+ATLÉTICO-GO (Técnico: Eduardo Souza)

Fernando Miguel; Arnaldo (Olveira, 32′-2ºT), Wanderson, Éder e Igor Cariús; Gabriel Baralhas (Marlon Freitas, 15′-2ºT), Willian Maranhão e Janderson; André Luís (Jefferson, 32′-2ºT), Zé Roberto (Montenegro, 16′-2ºT) e Ronald (intervalo João Paulo)

+ATLÉTICO-MG (Técnico: Cuca)

Everson, Guga (Hyoran, 38′-2ºT), Nathan Silva, Alonso e Guilherme Arana; Allan, Tchê Tchê (Sasha, a 24′-2ºT), Zaracho (Calebe, a 32′-2ºT) e Nacho; Keno (Dylan Borrero, 24′-2ºT) e Hulk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas