Kaio Jorge pede desculpas aos fãs de Santos pelo tweet, mas critica a diretoria – Notícias do Santos

O atacante Kaio Jorge, atualmente na Juventus, falou nas redes sociais após a repercussão de uma postagem em que zombou do Santos após a derrota por 3 a 0 para o Juventude na 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador apagou a mensagem depois de alguns minutos, mas irritou os fãs.

– Fala Nação Santista, final de semana passado eu escrevi um Tweet que algumas pessoas interpretaram mal. Meu tweet foi relacionado à diretoria, mas alguns deles não merecem estar trabalhando neste clube gigante que é o Santos. Nada relacionado ao hobby e muito menos aos atletas. Sou amiga de todos no clube, converso com todos praticamente todos os dias. Tenho uma relação muito boa com os jogadores e nunca quis magoar ou tirar sarro do clube. Pelo contrário, tenho muita admiração pelo Santos, clube que me revelou e me deu a oportunidade de estar hoje aqui na Juventus com os meus companheiros e estou a incentivar o clube a sair desta situação – disse Kaio Jorge em as histórias do Instagram.

No domingo, durante a partida entre Santos e Juventude, o atacante postou a seguinte mensagem no Twitter.

– Certo, o problema era o próprio atacante – escreveu Kaio Jorge no tweet.

Kaio Jorge continua a ser o maior goleador do Santos nesta temporada, com oito gols. Ele tinha contrato com o Santos apenas até dezembro deste ano, mas não chegou a um acordo de renovação com o clube. No final de julho, ele assinou um pré-contrato com a Juventus e o Peixe chegou a um acordo com o clube italiano para liberá-lo mais cedo.

Pela negociação, Santos receberá 3 milhões de euros (cerca de R $ 18,5 milhões), em duas prestações. O primeiro foi pago em agosto e o segundo em 2022. Além disso, o Peixe receberá 1 milhão de euros (cerca de R $ 6,1 milhões) assim que o atacante atingir a meta de jogo estipulada e ficará com 5% do “ mais-valia ”. “Numa futura transferência (5% do que a Juventus recebe mais 3 milhões de euros).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas