Lá! Espresso: Jesús é o sonho do torcedor, mas não pode ser a única opção do Flamengo – Notícias do Flamengo

Uma possível queda do Benfica hoje na fase de grupos da Liga dos Campeões trará todo o destaque a Jorge Jesús e a incontornável questão, colocada desde o dia em que se despediu do Brasil, voltará a ser cantada: o treinador regressará ao Flamengo?

Os gritos do Mister na arquibancada do Maracanã foram ouvidos nas últimas duas temporadas, mas passaram de decibéis após a derrota rubro-negra para o Palmeiras na final da Libertadores.
O elenco segue muito forte, a previsão de faturamento de R $ 1 bilhão para o orçamento da próxima temporada indica que o clube deve reforçar setores carentes, e a torcida segue firme no apoio ao time que desde 2019 mudou quase que com certeza. Mas Jorge Jesús, se voltar, não é um sucesso garantido.

Ele é um treinador competente e tem ótimos conceitos de jogo, como vimos, mas não é possível garantir que aquela temporada mágica, ainda recente na memória, se repetirá com um toque de mágica.

São inúmeros os fatores que podem desequilibrar a balança de um jeito ou de outro, e um eventual retorno traria uma obrigação implícita não só de vencer, mas também de se exibir, duas variáveis ​​que são muito difíceis de controlar mesmo com um grupo altamente treinado.

Já de férias, o Flamengo não pode tomar a decisão de encontrar seu novo comandante por muito tempo. A escolha passa por critérios técnicos e econômicos e não se reduz a ver em Jesus a sua única salvação.

O que fica cada vez mais claro é que o clube não vai repetir a fórmula de buscar jogos em casa, como aconteceu com Rogério Ceni e Renato Gaúcho. Para o tamanho atual do Flamengo, você precisa mirar fora e colher da melhor forma possível.

OU +LANÇAR! Expresso é um boletim informativo gratuito que chega em seu e-mail pela manhã, de segunda a sexta-feira. A marca jornalística LANCE !, Com análises de Fabio Chiorino e Rodrigo Borges. Clique aqui e cadastre-se.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas