Lá! Espresso: São Paulo se livra da queda, mas ainda está longe de recuperar sua grandeza – Notícias do São Paulo

Esqueça a matemática: com a vitória por 3 a 1 sobre o Juventude, o São Paulo, um dos poucos gigantes do futebol brasileiro que nunca chegou à Série B, livrou-se do rebaixamento.

A primeira sensação da torcida, que a apoiou o máximo que pôde no Morumbi, é de alívio, mas nada mais. Não há orgulho, alegria, resistência. Algum. Simplesmente a sensação de uma obrigação cumprida, como sempre deve ser para um clube que possui uma das folhas de pagamento mais altas da Série A.

Rogério Ceni provavelmente continuará como técnico na próxima temporada, já envolto em incertezas e até pessimismo – o próprio técnico já sinalizou que a situação financeira está crítica (há R $ 600 milhões em dívida), que o Tricolor tem poucas chances de fortalecer um mercado e que nos próximos anos continuarão difíceis.

Enquanto isso, o São Paulo enxerga seus dois principais rivais em outra dimensão: o Palmeiras, tricampeão da América e consolidado como potência continental, e o Corinthians de volta à Libertadores e com um time cheio de talento.

Não há heroísmo em evitar a queda, pois a equipe lutou todo o Campeonato Brasileiro na parte de baixo da tabela devido à sua própria incompetência. Como disse, só existe alívio. Sentimento genuíno emanando das arquibancadas, mas insuficiente para quem já domina o futebol brasileiro.

O ano que começou com festejos com a conquista do Campeonato Paulista acaba sem motivos para acreditar que o São Paulo voltou a ter sua grandeza.

OU +LANÇAR! Expresso é um boletim informativo gratuito que chega em seu e-mail pela manhã, de segunda a sexta-feira. A marca jornalística LANCE !, Com análises de Fabio Chiorino e Rodrigo Borges. Clique aqui e cadastre-se.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais