Apesar de toda a sua boa vontade, Lionel Messi não é um super-homem e o descanso às vezes é necessário. Afetados pela Covid depois de sair de férias para as comemorações de fim de ano, o argentino do Paris Saint-Germain não joga uma partida oficial desde 22 de dezembro, empatado com o Lorient (1-1). Com problemas para se recuperar de seu teste positivo, o sete vezes Bola de Ouro não será procurado por Lionel Scaloni.

Veja também: Mbappé, a grande concessão do PSG

De acordo com TyC Sports, O técnico argentino decidiu dispensar seu mestre para disputar as últimas partidas das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 marcado para 27 de janeiro contra o Chile e 01 de fevereiro contra a Colômbia. E se Scaloni tomou esta decisão, talvez seja também e sobretudo porque oAlbiceleste já validou seu ingresso para a Copa do Mundo e pode jogar sem Messi.

Descanse com Madri

O parisiense, no entanto, queria estar lá, especifica a mídia, mas como ele mesmo admitiu nas redes sociais, ele precisa descansar e encontrar uma condição física que lhe permita calçar os sapatos novamente. O PSG espera que sim, ele que está totalmente focado na primeira mão dos oitavos-de-final da Liga dos Campeões, que jogará em menos de um mês contra o Real Madrid. Um compromisso marcado para 15 de fevereiro que Lionel Messi, desta vez, não perderá em hipótese alguma.

Leia também: >>> Meninas e álcool, a acusação que incomoda Aubameyang