Ministério Público de Minas quer proibir organizados de Cruzeiro – Notícias do Cruzeiro

O Ministério Público Mineiro (MPMG) quer que a Federação Mineira de Futebol (FMF) proíba a torcida organizada Mafia Azul por seis meses. A recomendação do deputado mineiro é que a máfia fique de fora de todos os jogos do Cruzeiro, em todos os estádios do país, num raio de cinco mil metros dos estádios.

A recomendação do MP veio depois que integrantes da organização emboscaram um ônibus da torcida do Atlético-MG, que voltava do Mineirão após duelo com o Fluminense, rumo ao Brasileirão.

Membros da Máfia Azul, detidos pela polícia, agrediram várias pessoas e até cometeram vandalismo. O ataque ocorreu no bairro Novo Indústria, na região do Barreiro, em Belo Horizonte.

De acordo com o documento elaborado pelo MP, a “proibição temporária consiste na proibição do uso, porte e exibição de qualquer vestimenta, estandarte, bandeira, instrumento musical ou qualquer objeto que possa caracterizar a presença do passatempo organizado”.

Segundo o MPMG, a violência envolveu o arremesso de paus, pedras, barras de ferro e colocou em risco a vida de fanáticos associados e não associados e até de famílias.

Em nota, a Federação Mineira de Futebol afirmou que vai aceitar e ratificar a recomendação do Ministério Público.

– A FMF informa ainda que já está em contato com as forças de segurança e que cumprirá integralmente a recomendação do Ministério Público de Minas Gerais, adotando medidas adequadas e suficientes para garantir a aplicação das medidas educativas constantes do documento. .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais