No Palmeiras, paredes grafitadas e explosões organizadas esquentam o ânimo após mais uma derrota

A principal organizada pelo Palmeiras, Mancha Alviverde, voltou a criticar o técnico Abel Ferreira após a derrota por 4 a 2 para o Red Bull Bragantino, no centro do Allianz Parque, na noite de sábado (9), dia 25 do Brasileirão.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e experimente o DAZN gratuitamente por um mês!

Os adeptos utilizaram o perfil do Instagram para criticar o trabalho do treinador: “Depois do jogo: amaldiçoamos o treinador que falha muito mais do que consegue, que, nas conferências de imprensa, nas poucas vezes que a equipa se sai bem, é a ‘equipa” que montou e preparado para esse resultado. Agora, nas eliminações e nas derrotas, o discurso é que ele pediu aos jogadores, que os jogadores não façam o que ele treinou ”, diz o texto.

Na manhã deste domingo (10), as paredes do estádio estavam grafitadas. Os fãs perguntaram sobre o elenco e a equipe técnica: “Elenco ruim”; “Salário G-4, futebol Z-4”; “Mauricio Banana” (amaldiçoando o presidente Mauricio Galiotte); “Abel, o teu vizinho tem razão, honra a sua palavra”; e “A placa está faltando.”

O Palmeiras volta a campo pelo Brasileirão nesta terça-feira, às 21h30, contra o Bahia, na Itaipava Arena Fonte Nova, em Salvador, pela 26ª rodada. Finalista da Libertadores, o Verdão enfrenta o Flamengo na decisão do torneio sul-americano no dia 27 de novembro, em Montevidéu, no Uruguai.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas