Nove vezes Xerém: Base do Fluminense acumula títulos e fecha trimestre com sobras – Notícias do Fluminense

A temporada de 2021 chega ao fim e o+ Fluminense já está a caminho de acertar contas. Entre os setores do clube, Xerém se destaca, não só pelos nove títulos conquistados em cinco categorias, mas também pelo superávit apresentado. Embora no início do ano a base tenha apresentado prejuízo, os 12 meses do CT Vale das Laranjeiras encerram com R $ 3.530.847,00, sendo a melhor rentabilidade econômica entre as modalidades do clube.

No primeiro trimestre de 2021, a base tricolor apresentou resultado operacional líquido de R $ 3.348.232,00 e despesas de R $ 5.087.513,00, o que representa um déficit de R $ 1.739.281,00. Entre abril e junho, a arrecadação aumentou para R $ 8.808.462,00, enquanto as despesas foram de R $ 9.897.397,00. Novamente, houve prejuízo de R $ 1.088.935. Os dados vêm do portal de transparência do clube.

Já o terceiro trimestre foi mais positivo do ponto de vista financeiro. Entre julho e setembro, Xerém teve um aumento ainda maior no investimento do clube, com R $ 15.214.790,00. A aposta deu certo: o lucro líquido foi de R $ 18.745.638,00, ou seja, R $ 3.530.848. Nesse período, o armador acumulou quatro títulos da Taça Rio e dois da Taça Guanabara.

Além das conquistas do último trimestre, os Moleques de Xerém conquistaram nove títulos no total. Na temporada, a gripe era +Campeã Estadual Sub-20, Campeão Estadual Sub-13, Campeão da Taça Rio Sub-17, Campeão da Taça Guanabara Sub-17, Campeão da Taça Guanabara Sub-15, Campeão da Taça Rio Sub-14, Campeão da Taça Rio Sub-13, Campeão do Torneio Super 8 Sub-11 e+ Campeão Metropolitano Sub-13.

+ Confira o ranking da Série A Brasileira

Assim, a base foi o setor de clubes que deu ao clube maior retorno econômico, já que obteve mais títulos, em relação ao esporte olímpico, profissional e feminino. Em ritmo de reorganização orçamentária, Xerém demonstrou que é possível cortar despesas, otimizar receitas e ainda arrecadar troféus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas