Pesquisa SID: Corona e comercialização estão tirando o interesse dos torcedores pelo futebol

A crescente comercialização do futebol é vista de forma crítica pelos torcedores. 52,7 por cento dos torcedores questionados em uma pesquisa da plataforma de votação FanQ em nome da Sport-Informations-Dienst (SID) e em cooperação com a cadeira de ciência do esporte da Universidade de Würzburg vêem as consequências da comercialização em seu interesse pelo futebol como “negativo” para “muito” negativo “.

4.190 fãs foram pesquisados. Apenas 4,6% classificam a comercialização como “ok” ou “completamente ok”. Uma clara maioria de 74,4 por cento julga a comercialização de “excessiva” a “completamente excessiva”.

A pandemia corona também tem um impacto negativo. De acordo com a pesquisa, os fãs classificaram os efeitos do Corona como “grandes” a “muito grandes”, com uma clara maioria de 80,8%.

Apenas 5,6% classificam os efeitos do Corona no futebol (em estádios, restaurantes, etc.) como baixos ou muito baixos. Em contraste, no entanto, 80,8% veem efeitos grandes ou muito grandes aqui.

“Essas descobertas comprovam, em uma base empírica ampla, um desenvolvimento que temos observado em nossa pesquisa há mais de um ano: os torcedores estão se afastando do futebol”, disse o professor Harald Lange (Universidade de Würzburg): “Os clubes e a DFL deve considerar isso Tome o sinal de alarme e neutralize o risco de aversão permanente. ”

As condições para isso são basicamente boas, “porque os números também mostram que o futebol ainda tem um potencial incrível”, destacou Lange.

Olhando para o futuro, 76,9 por cento dos torcedores alemães estão confiantes de que os estádios da Bundesliga estarão cheios novamente, assim como estavam antes do início da pandemia. Apenas 17,8 por cento dos fãs são pessimistas.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais