Por uma vaga direta na Libertadores, o Fluminense precisa superar seu próprio desempenho fora de casa – Notícias do Fluminense

Faltando apenas três rodadas, o +Fluminense se prepara para enfrentar Atlético-MG e Bahia, fora de casa, nos próximos dois jogos. Depois de conquistar 15 pontos nos últimos cinco jogos no Maracanã, o time precisa ter um resultado que só alcançou em três momentos da temporada: vencer mais de dois jogos consecutivos sem o comando de campo.

Apesar de +uso da gripe no Maracanã Seja favorável, a situação fora de casa é a oposta. Em 7 partidas, a equipe venceu apenas quatro, com índice de acerto de 31,3%. Os dados são do Departamento de Matemática da UFMG. Depois do Campeonato Brasileiro, o clube ainda não conquistou mais do que duas vitórias consecutivas fora de casa. Porém, considerando partidas de diferentes competições, o episódio ocorreu apenas três vezes.

A primeira sequência favorável do Fluminense ocorreu no Campeonato Carioca, quando o time venceu Flamengo, Bangu e Boavista, da terceira para a quinta rodada. Posteriormente, triunfou sobre Macaé, na esfera estadual, e Santa Fé, na fase de grupos da Libertadores. O feito só se repetiu em julho, quando derrotou o Sport, pela brasileira, e o Cerro Porteño, pelas oitavas de final do torneio continental.

+Não está acostumado a uma temporada regular, O Fluminense enfrenta dois desafios contra adversários determinados. Em caso de vitória em casa, Galo pode confirmar o título brasileiro, enquanto o Bahia luta para não entrar na zona de rebaixamento. A última partida acontece contra a Chapecoense, lanterna do campeonato, no Maracanã.

+ Confira o ranking brasileiro

Assim, a missão do grupo é superar o próprio recorde de sétimo pior visitante no Brasileiro. Só assim o Fluminense poderá atingir o objetivo principal da temporada: a classificação direta para a Libertadores, grande motivador para a equipe nesta reta final do campeonato. Se conquistar os três pontos no Mineirão, neste domingo, o Tricolor pode terminar a semana na tranquilidade do G4.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas