Presidente do Fluminense se reúne na CBF e protesta contra a arbitragem: ‘Em defesa dos nossos interesses’ – Notícias do Fluminense

o presidente do +Fluminense, Mario Bittencourt, se reuniu nesta segunda-feira com o presidente da comissão de arbitragem da CBF, Alício Pena Júnior, e com o presidente da entidade, Ednaldo Rodrigues. O dirigente protestou contra a realização da arbitragem no duelo contra o Atlético-MG, neste domingo, no Mineirão.

– Começando a semana em defesa dos nossos legítimos interesses, depois dos enormes estragos que sofremos ontem no Mineirão !! – O Mário postou no seu Instagram histórias de quando veio para a CBF.

++ Verificar e simular a tabela do Campeonato Brasileiro

O líder tricolor fez duras críticas ao pênalti para os mineiros no primeiro tempo. No leilão, foi alegado um possível toque de bola no braço do lateral Marlon. O árbitro Marielson Alves Silva não indicou a pena, mas foi convocado a consultar o VAR, comandado por José Cláudio Rocha Filho. Após avaliação, ele marcou a infração, e Hulk marcou o empate do Atlético-MG

Após a decisão da penalidade, o clima da partida esquentou e houve palavrões e muitos protestos dos jogadores e da direção do Fluminense. Na súmula, o árbitro denuncia ter sido xingado por Mário Bittencourt ao entrar no vestiário.

Além de,+ O zagueiro David Braz também criticou o pênalti concedido. atacante Fred +publicou em sua rede social a foto do árbitro de olhos vendados no momento em que analisou a oferta pelo VAR. O extremo Marlon e o+ Marcão Técnico também desencadearam a atuação da arbitragem na partida decisiva.
+
+ AÇÕES: Marcão falha nas trocas e compromete o resultado do Fluminense; Marlon se destaca

Com a reversão, o Fluminense segue na sétima colocação, faltando duas rodadas para o final do Campeonato Brasileiro. A equipe está com 51 pontos e volta a campo no próximo domingo, contra o Bahia, às 16h, na Fonte Nova.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas