Rogério Ceni é o novo técnico do São Paulo após a saída de Crespo

Rogério Ceni é o novo técnico do São Paulo. A informação foi inicialmente publicada por GE e confirmado por objetivo. O ídolo retorna à sua segunda fase no clube com contrato até dezembro de 2022, no lugar do técnico Hernán Crespo, cuja saída foi anunciada na tarde desta quarta-feira (13).

“Precisávamos tomar uma decisão rápida e, em linha com o nosso raciocínio e o diagnóstico de todo o departamento de futebol, acertou-se o Rogério Ceni. Ele já havia deixado claro que, em caso de vaga no cargo , seria a nossa primeira alternativa, se fosse de graça no mercado. Como bom jogador do São Paulo, não precisou de mais de 15 minutos para fazer essa viagem de volta para casa ”, disse o presidente Júlio Casares ao site oficial do clube.

A saída de Hernán Crespo ocorre dois dias após o empate em 0 a 0 com o Cuiabá, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. A diretoria anunciou a rescisão do contrato por mútuo acordo e revelou que Juan Branda (assistente técnico), Alejandro Kohan e Gustavo Sato (preparadores físicos), Gustavo Nepote (treinador de goleiros) e Tobías Kohan (analista de performance), que chegaram a o Tricolor juntamente com o treinador também deixam o clube. Eles tinham contrato até dezembro de 2021. A comissão total custava em torno de R $ 1 milhão por mês, conforme apurado pela Meta.

Futebol ao vivo ou quando quiser? Clique aqui e experimente o DAZN gratuitamente por um mês!

Durante oito meses, Crespo liderou a equipe na conquista do Campeonato Paulista e atuou em 53 jogos, com 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas, somando 57,23% dos pontos. A equipe também foi comandada em outros quatro jogos pelo assistente Juan Branda, quando o argentino se recuperava do Covid-19.


Marcos Vizolli comandou temporariamente o São Paulo na última temporada e deve estar à frente do time contra o Ceará (Foto: Rubens Chiri / São Paulo FC)

O Ceni pretende liderar o time no jogo desta quinta-feira (14), contra o Ceará, no Morumbi, pela 26ª rodada do Brasileirão. Rogério Ceni não tem clube desde que deixou o Flamengo, em 10 de julho. Demitido pelo clube, isolou-se e começou a estudar futebol nesse período. Irritado com o que aconteceu no Ninho do Abutre, ele foi abordado pela equipe venezuelana e pelo Al-Ittihad, da Arábia Saudita. No entanto, ele não abriu conversas com nenhum deles.

Ceni iniciou sua carreira como treinador em 2017, já no São Paulo. Na época, não ficou muito tempo e acabou sendo demitido pela direção de Carlos Augusto Barros e Silva, o Leco. Desde então, treinou Fortaleza (duas vezes), Cruzeiro e Flamengo.


Roger Machado foi considerado para assumir São Paulo (Foto: Getty Images)

Antes de procurar o Ceni, São Paulo chegou a pensar em outros dois nomes: o colombiano Juan Carlos Osorio e Roger Machado. A dupla, porém, não quer assumir o cargo no Morumbi neste momento.

O colombiano está à frente do América de Cali desde o início desta temporada e não pretende voltar ao São Paulo, time que também treinou em 2015. Roger Machado está sem clube desde que saiu do Fluminense, ainda é temporada, e espera iniciar a construção em 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais notícias relacionadas